Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Esqueci a Senha | Me Cadastrar
Item: 0
Valor: R$0,00
Visualizar Meu Carrinho
Aceitamos PagSeguro, Pagamento Digital, Moip é Paypal!

GNC DHEA 25mg

90 cápsulas
#544131
DE R$149,00

POR: R$109,00 À VISTA

OU R$9,08 X 12 PARCELAS


Leve o 2º GNC DHEA por R$89,00
PROMOÇÃO PARA COMPRA DE 2 FRASCOS
para adicionar esta promoção
FRETE: R$45,00 unitário
Leia mais sobre frete internacional
Importante: Prazo médio de entrega varia de acordo com o método de envio a ser selecionado.
X

FIRST CLASS R$45,00

16 a 22 dias úteis

Valor de frete para cada item. Possui código de rastreamento.

PRIORITY MAIL R$139,00

10 a 15 dias úteis

Valor de frete para até 02 itens. Possui código de rastreamento.

Detalhes

TÍTULO ORIGINAL: GNC DHEA 25mg

Indivíduos com menos de 18 anos de idade não devem comprar nem consumir este produto.

  • DHEA é um hormônio produzido na glândula adrenal.
  • Cada cápsula fornece 25mg de DHEA Dehidroepiandrosterona.

Em caso de dúvidas, entre em contato com nosso canal de tele-atendimento através do 0800 888 1191 (ligação gratuita). Consulte sempre seu médico antes de usar qualquer suplemento nutricional.

Produto passível de tributação por parte da ANVISA caso o comprador não possua receita médica.



Como suplemento dietético, tome diariamente 1 (uma) cápsula com água. 

Informações Suplementares
Tamanho da dose: 1 cápsula
Doses por vasilhame
: 90
Quantidade por dose %VD
DHEA Dehidroepiandrosterona 25.00 mg **
**Valor Diário (VD) não estabelecido


Outros Ingredientes
: Celulose, gelatina, carbonato de cálcio sem açúcar, sem amido, sem colorante artificial, sem sabores artificiais, sem sódio, sem trigo, sem glúten, sem milho, sem soja, sem produtos lácteos, sem fermentos.

Instruções de Armazenamento
: Conservar em local fresco.

Atenção
: Depois de abrir, manter bem fechado no refrigerador ou outro lugar fresco.

Não é para o uso de indivíduos menores de 18 anos. Não utilize se estiver gestante ou amamentando. Consulte um médico ou profissional de saúde qualificado antes de usar este produto se você tem (ou caso tenham histórico familiar de) câncer de próstata, aumento da próstata, doença cardíaca, baixo colesterol "bom" (HDL), ou se você estiver usando qualquer outra dieta complementar de medicamentos devidamente prescritos. Não exceder a dose recomendada. Exceder a dose recomendada pode causar sérios efeitos colaterais. Possíveis efeitos secundários incluem acne, perda de cabelo, crescimento de pêlos no rosto (para mulheres), agressividade, irritabilidade e aumento dos níveis de estrogênio. Interrompa o uso e chame um médico ou profissional de saúde qualificado imediatamente caso sinta taquicardias, tonturas, visão turva ou outros sintomas similares. MANTER FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. 

O que você deve saber sobre DHEA
 
A diidroepiandrosterona (DHEA, sigla em inglês) vem sendo proposta como um hormônio que combate o envelhecimento, também eficaz na prevenção e no tratamento de muitas condições debilitantes do ponto de vista físico e emocional relacionadas a doenças crônicas e ao envelhecimento.
 
O interessante em relação ao DHEA é que os dados apresentados até o momento mostram que a redução nos seus níveis está correlacionada com vários aspectos do envelhecimento. O mais interessante ainda é que o uso de suplementos com doses baixas parece melhorar a saúde e promover o bem-estar. Usado como medicamento, em doses mais elevadas, parece melhorar muitas condições associadas às doenças crônicas.
 
Propriedades químicas da DHEA

Até recentemente, os pesquisadores acreditavam que a DHEA representasse um substrato para a produção de outros hormônios ativos. Atualmente, sabe-se que a sua estrutura química é semelhante à testosterona, ambas derivadas da molécula do colesterol. Exceto por uma cadeia de carbonos, o colesterol é bastante similar ao DHEA e à testosterona. Por ser semelhante a outros hormônios esteróides (estrógeno, progesterona, testosterona), o DHEA pode ser convertido ou estimular a produção dos estrógenos, testosterona ou a cortisona, além de muitos outros desses hormônios importantes para o organismo.
 
Pesquisas recentes mostram que, apesar de semelhante a outros andrógenos, o DHEA liga-se a receptores específicos na superfície celular que apontam para uma função própria.
 
Possíveis benefícios do DHEA

Até o momento, os seguintes dados foram demonstrados:
 
1. DOENÇAS CARDÍACAS - Homens com doenças cardíacas, quando comparados com pacientes saudáveis, apresentam níveis reduzidos de sulfato de DHEA. Mostrou-se ainda que o DHEA é capaz de diminuir a fração LDL do colesterol. O uso de suplementos desse hormônio pode aumentar a sua concentração no organismo e reduzir o risco para o desenvolvimento de doenças cardíacas, conforme demonstrado em estudos realizados por Barret-Conner e colaboradores.
 
2. OBESIDADE - Ratos obesos não ficaram doentes quando receberam dieta suplementada com DHEA. Ainda são necessárias novas pesquisas em pacientes com obesidade moderada e mórbida (acima de 160 kg) para avaliar os benefícios da ingestão de DHEA, como a redução no risco de doença vascular periférica, diabetes ou hipertensão.
 
3. CÂNCER - Ratos utilizados no estudo do câncer não desenvolveram a doença quando receberam dieta suplementada com DHEA. Observou-se ainda uma associação entre níveis reduzidos de DHEA e o câncer de mama. Caso seja possível observar esses resultados em seres humanos, será uma das principais aplicações do hormônio. Os ratos em questão apresentam uma incidência bem mais elevada de tumores que os não utilizados nos experimentos. Se o DHEA impede o desenvolvimento desses tumores, deve ser analisado sob um ponto de vista favorável. Vale lembrar que os níveis de DHEA encontrados normalmente diminuem com o passar dos anos, enquanto todos os tipos de câncer aumentam, de modo que essa relação inversa chama a atenção. Deve-se lembrar também que grande parte das pesquisas sobre a saúde cardiovascular em animais não pode ser aplicada diretamente em seres humanos. Devem ser testadas em pacientes com história familiar importante de câncer (em um estudo de prevenção primária), ou naqueles que retiraram tumores, sendo acompanhados por um período de 5 anos para avaliar qual o prognóstico observado. Mesmo assim, é uma área que parece bastante promissora.
 
4. RESPOSTA AUTO-IMUNE - Os pacientes com lúpus, artrite reumatóide, esclerose múltipla e colite apresentam níveis bastante reduzidos de DHEA. Quando recebem suplementação, relatam uma melhora significativa de disposição e bem-estar. Os pacientes com lúpus apresentaram ainda uma importante melhora na doença renal associada à doença. Tendo em vista a alta prevalência de distúrbios auto-imunes (como o diabetes insulino-dependente, por exemplo), a utilização do DHEA pode ter uma grande aplicação. Por outro lado, pode também fazer parte do conjunto de substâncias utilizadas experimentalmente para estimular o sistema imunológico de determinados indivíduos.
 
5. OSTEOPOROSE - O DHEA, teoricamente, pode atuar como um estrógeno, andrógeno e a progesterona, prevenindo a perda e estimulando a formação óssea. O DHEA, assim como qualquer suplemento, deve ser utilizado em combinação com um programa de exercícios de resistência.
 
DHEA e o desempenho físico

Para os desportistas, a conversão de DHEA em testosterona é muito importante. Se for possível aumentar a produção de testosterona pelo organismo, será possível também conseguir um ganho de força e massa muscular, associado à redução da gordura corporal.
 
Conclusão

Na maioria das condições clínicas e para a manutenção da saúde, os estudos sugerem que a DHEA apresenta benefícios importantes, principalmente em pessoas acima dos 40 anos de idade ou naqueles cujos níveis começam a diminuir.
 
FONTE: LINK

Não existe Video cadastrado.

Queremos saber sua opinião

Produto: GNC DHEA 25mg

Quem comprou este item também comprou:

GNC Omega-3 1000mg (Óleo de Peixe) 360 Cápsulas
GNC Mega Men 50+ (Homens Acima dos 50)

Promoção terça-feira

Ofertas Relampago